PARAUAPEBAS: Júlio César protocola novas denúncias de corrupção no MPF

PARAUAPEBAS: Júlio César protocola novas denúncias de corrupção no MPF

O  jovem Júlio César continua lutando pela cidade de Parauapebas. Em visita a Brasília na última semana voltou ao Ministério Publico Federal para protocolares novas denúncias de corrupção em Parauapebas

“Não precisamos de empréstimos. Parauapebas é um município rico que tem uma arrecadação de quase 2 bilhões por ano, mas a nossa população passa a margem dessa dinheirama toda. E, isso já acontece a décadas.” disse Júlio César

“Não precisamos de 70 milhões. Precisamos estancar essa sangria da corrupção em nosso município. Estamos, juntos, pela nossa cidade” completou

Julio Cesar tem despontado como uma das principais lideranças politicas do sudeste paraense, vice presidente estadual do PRTB ele é a aposta do partido para conquistar a prefeitura de Parauapebas

Confira a carta denuncia na integra 

CARTA CONTRA A CORRUPÇÃO

Parauapebas não precisa de empréstimo e, sim, de gestores comprometidos com a população

A população do município de Parauapebas, localizado no sudeste do Pará, vai fazer abaixo assinado para devolver o tão festejado dinheiro de U$ 70 MILHÕES DE DÓLARES emprestados, nesta semana, pelo poder público municipal junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) sob a “justificativa” de investir no Programa Municipal de Saneamento Ambiental, Macrodrenagem, Recuperação de Igarapés e Margens do Rio Parauapebas (Prosap).

O morador de Parauapebas sabe que o município não precisa de nenhum empréstimo, tem arrecadação suficiente para resolver os problemas da cidade e ajudar os municípios vizinhos. O comemorado crédito, hoje estimado em R$ 371 MILHÕES DE REAIS, nada mais é que uma artimanha para desviar mais recursos às custas dos impostos pagos pela população. 

Basta acessar o Portal da Transparência e confirmar que, só nos últimos CINCO ANOS, a Prefeitura arrecadou o importe de cerca de R$ 5,5 BILHÕES. Deste total, gastou R$ 2,5 BILHÕES somente em folha de pagamento no mesmo período, conforme também pode ser confirmado no portal.  O gasto com pessoal é a maior despesa de máquina pública de todo o país. 

Diante da gritante diferença entre receita e despesa, é praticamente impossível que o município consiga pagar o empréstimo já que o fluxo de caixa é comprometido só com a folha de pessoal. Para custear o financiamento de R$ 371 MILHÕES, a Prefeitura terá que desembolsar a quantia de R$ 61 MILHÕES ANUAL, R$ 5 MILHÕES MENSAL nos próximos SEIS ANOS, que é o prazo total para execução das obras do Prosap. 

Qual a vantagem de fazer o empréstimo? Nenhuma. A Prefeitura tem condições de fazer a obra com recursos próprios desde que as despesas sejam reorganizadas e a corrupção combatida. É tanto possível que o pré-candidato a prefeito de Parauapebas, 32 anos, Júlio César (PRTB/PA), sozinho, nos últimos dois anos, conseguiu economizar R$ 186 MILHÕES para os cofres públicos por meio das ações populares contra as improbidades administrativas da gestão. Paralelamente, outros cidadãos e o Ministério Público também fizeram várias denúncias no mesmo sentido, conseguindo economizar a quantia de cerca de R$ 683 MILHÕES. 

Todos os citados acima denunciaram práticas de nepotismo, contratos formalizados com dispensa de licitação, contratos feitos com desvio de finalidade, com empresas fantasmas, superfaturados, graves suspeitas de serviços não prestados, formação de cartel dentre várias outras irregularidades. Um recorte que assola Parauapebas há 32 anos, o município convive com CORRUPÇÃO o tempo que Júlio César tem de vida. Triste realidade fruto da alternância de governos comandados por dois grupos políticos que deixam a população à mingua.

Um cálculo matemático simples, por exemplo, mostra que o valor economizado com as denúncias nos contratos ilegais já seria suficiente para pagar duas obras do Prosap. Para quem não sabe, se a Prefeitura não pagar a conta, o valor será cobrado do governo Federal, impactando não somente os cidadãos de Parauapebas e, sim, todos os brasileiros.

Qual é a sua reação?

like
0
dislike
0
love
0
funny
0
angry
0
sad
0
wow
0